home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

03/08/2017

Mais duas universidades de Portugal assinam parceria para usar nota do Enem na seleção

Universidade Portucalense e Instituto Universitário da Maia firmaram acordo com Inep. Ao todo, 26 universidades portuguesas são parceiras do Brasil para o uso do Enem.

A nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passou a ser aceita como método de seleção de estudantes brasileiros por mais duas universidades de Portugal: Universidade Portucalense, na cidade do Porto, e Instituto Universitário da Maia (Ismai), no norte do país.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a assinatura do convênio com essas duas instituições leva a um total de 26 acordos firmados com universidades portuguesas. (confira lista completa abaixo)

Como funciona
Cada universidade parceira define qual será a nota de corte do Enem para cada um de seus cursos. Cabe ao Inep conferir os resultados dos brasileiros que pleiteiam uma vaga no exterior.

Na Universidade Portucalense, por exemplo, a escala de classificação funciona de 0-200 pontos. O estudante brasileiro que quiser concorrer a uma das vagas deve dividir sua nota do Enem por 5 para saber sua pontuação no processo de seleção português.

As datas de candidatura são publicadas nos sites das instituições: http://www.upt.pt/page.php?p=550 e http://www.ismai.pt/pt/internacional.

Lista de universidades
Abaixo, confira a lista completa das 26 universidades portuguesas que oficializaram a parceria com o Inep para usar a nota do Enem como método de seleção de estudantes do Brasil:

  • Universidade de Coimbra (26/05/2014);
  • Universidade de Algarve (18/09/2014);
  • Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015);
  • Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015);
  • Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015);
  • Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015);
  • Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015);
  • Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015);
  • Universidade de Aveiro (25/11/2015);
  • Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015);
  • Universidade de Lisboa (27/11/2015);
  • Universidade do Porto (09/03/2016);
  • Universidade da Madeira (14/03/2016);
  • Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016);
  • Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016);
  • Universidade dos Açores (04/08/2016);
  • Universidade da Beira Interior (20/09/2016);
  • Universidade do Minho (24/10/2016);
  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu) (24/03/2017);
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017);
  • Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017);
  • Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017);
  • Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017);
  • Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017);
  • Universidade Portucalense (26/07/2017);
  • Instituto Universitário da Maia (Ismai) (26/07/2017).

Brasileiros contam como é usar nota do Enem para estudar em Portugal

Ainda quando apenas 12 universidades aceitavam as notas do Enem, o G1 ouviu estudantes que contaram que variação da língua e contas em euros são os principais desafios de estudar em Portgal. Veja o vídeo aqui:

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/10/2017
Arbitragem administrativa no Brasil e em Portugal
17/10/2017
Portugal sobe no ranking mundial para investir em imobiliário
17/10/2017
Procura por petróleo vai atingir pico até 2030. E a culpa é dos carros elétricos
17/10/2017
20 startups vão representar o Turismo de Portugal no estrangeiro
17/10/2017
Portugal em destaque na lista dos melhores países para os emigrantes
16/10/2017
Portugal: 185 foram com vistos top em 2017