home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

07/03/2018

Empresa de Navegação Madeirense comprou maior porta-contentores a operar em Portugal

A Empresa de Navegação Madeirense (ENM), do Grupo Sousa, a mais antiga de Portugal, a operar desde 1907, anunciou hoje ter adquirido o maior navio porta-contentores detido por armadores nacionais.

Numa nota informativa hoje divulgada, o grupo adianta que este navio, o 'Raquel S' (ex Windhoek) foi inscrito no Registo Internacional de Navios da Madeira.

A embarcação foi construída no Japão em 2009, tendo capacidade para transportar até 1.577 contentores de 20 pés.

No mesmo documento, o grupo acrescenta que o navio tem 172 metros de comprimento, 27,6 de boca, 9,51 de calado, 17.280 tons de tonelagem bruta e desloca 21.443 tons.

O 'Raquel S' tem uma tripulação composta por 20 elementos e está previsto iniciar a sua primeira viagem com bandeira portuguesa, rumo a Tanger (Marrocos), menciona.

O Grupo Sousa "passa a ter o maior e mais moderno navio porta-contentores detido por armadores nacionais e será operado pela PCI - Portusline Containers International (PCI) do Grupo Sousa, na linha marítima entre Portugal, Marrocos, Canárias, Cabo Verde e Guiné-Bissau", pode ler-se na mesma informação.

Sublinha ainda que esta nova embarcação vem "reforçar a frota de navios próprios do Grupo Sousa", que detém, neste momento, os porta-contentores "Laura S" e "Funchalense 5", além do 'ferry' "Lobo Marinho", o qual assegura a ligação marítima de passageiros e carga rodada entre as ilhas da Madeira e Porto Santo.

Além destes quatro navios próprios, o Grupo Sousa opera ainda outros quatro fretados, tendo sob a sua gestão um total de oito embarcações.

Fonte: Diário de Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE [Brasil]
16/01/2019
Cafeicultores brasileiros querem acordo com União Europeia [Brasil]
16/01/2019
Fosun diz que Portugal < acolhe bem > o investimento chinês [Portugal e China]
16/01/2019
Economia brasileira continua recuperação e PIB aumenta para 2,4% [Brasil]
16/01/2019
Chineses investiram 10 mil milhões de euros em Portugal em 2018 [Portugal e China]
16/01/2019
Fundo privado português de 46 milhões vai investir em 'startups' [Portugal]