home > notícias

MUNDO

09/04/2018

IndieLisboa inclui maratona no Cinema Ideal e sessão no terraço do Capitólio [Portugal]

O "cinema mais extremo" estará em destaque no IndieLisboa -- Festival Internacional de Cinema de Lisboa, na secção Boca do Inferno, que inclui uma maratona no Cinema Ideal e uma sessão em noite de lua cheia no terraço do Capitólio.

A maratona Boca do Inferno, marcada para 28 de abril, "ao longo de seis horas, transforma o Cinema Ideal em ponto de paragem obrigatória para os amantes do cinema mais extremo", refere a organização do festival, que decorre de 26 de abril a 06 de maio, num comunicado hoje divulgado.

Este ano, a maratona inclui "filmes que na~o tiveram medo de avanc¸ar por temas e territo´rios assombrosos" como "Hard Way Musical - The Action Musical", "Mutafucaz", "Coyote", "La nuit a de´vore´ le monde", "Touche die`se" e "Laissez bronzer les cadavres".

Ainda na secção Boca do Inferno, a 30 de abril, "noite de lua cheia, o IndieLisboa vai levar o cinema até ao terraço do Cine-Teatro Capitólio".

Nesse dia, será exibido "As Boas Maneiras", no qual "o filme de lobisomens junta-se ao musical, tudo coberto com um subtexto poli´tico sobre a segregac¸a~o social no Brasil contempora^neo, onde a homoparentalidade nem sequer e´ um assunto".

"Vencedor do pre´mio especial do ju´ri no festival de Locarno, esta e´ uma histo´ria de amor, contada a dois tempos: o amor roma^ntico de Ana por Clara, e depois o amor maternal de Clara por Joel. O filme e´ protagonizado pela portuguesa atriz em ascensa~o meteo´rica: Isabe´l Zuaa", refere a organização do festival.

A 15.ª edição do IndieLisboa decorre no Cinema São Jorge, na Culturgest, na Cinemateca e no Cinema Ideal, mas terá também programação na Biblioteca Palácio Galveias e na Casa Independente.

Este ano estão programados 245 filmes e é dada uma importância maior ao cinema português com as secções competitivas, com escolhas transversais a outras secções e com uma decisão particular para a abertura e encerramento.

O festival abrirá com "A árvore", de André Gil Mata, exibido este ano em Berlim, e encerrará com "Raiva", de Sérgio Tréfaut, um realizador já premiado em edições anteriores do festival, e que estreará uma adaptação de "Seara de vento", de Manuel da Fonseca.

Toda a programação pode ser consultada em www.indielisboa.com.

Fonte: Diário de Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
12/12/2018
Jovem Avó Jove: vida e obra das notáveis mulheres da família Carvalho, séculos XIX e XX [Embaixada de Portugal no Brasil]
12/12/2018
Brasília Encontra Portugal [Embaixada de Portugal no Brasil]
11/12/2018
Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa Reproduzir Vídeo Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa
11/12/2018
CNN destaca Portugal como um dos melhores lugares da Europa para visitar
11/12/2018
Portugueses elegem destinos de língua portuguesa para o 'reveillon'
11/12/2018
"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"