home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

11/09/2018

Ocupação média por quarto nos hotéis do Algarve sobe para 95% [Portugal]

A taxa de ocupação média por quarto nas unidades hoteleiras do Algarve situou-se nos 95% em agosto, 0,5% superior à verificada em igual período de 2017, anunciou esta quarta-feira a principal associação hoteleira regional.

A Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) revelou os dados da ocupação por quarto registado no mês passado e precisou que as unidades algarvias registaram simultaneamente uma subida de 1% no volume de vendas.

Nos mercados emissores de turistas, as principais quebras foram sentidas no britânico (-13,3%) e no irlandês (-15,8%), enquanto as maiores subidas verificaram-se nos mercados nacional (+13,2%), francês (+21,7%) e espanhol (+18,5%), segundo os dados divulgados pela AHETA em comunicado.

"O volume de vendas subiu 1% face ao período homólogo", destacou ainda a associação algarvia, com sede em Albufeira, um dos 16 concelhos do distrito de Faro.

A associação hoteleira algarvia costuma também disponibilizar os números relativos às zonas do Algarve que apresentaram melhores e piores ocupações por quarto, mas desta vez não foram incluídos nos dados que o seu gabinete de estudos compila e divulga mensalmente.

A AHETA quantificou, no entanto, a descida de 1,5% verificada na taxa de ocupação por quarto "desde o início do ano".

Em sentido contrário, o volume de negócios registou desde o início do ano "um aumento de 3,2%", referiu ainda a AHETA.

Fonte: SIC Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE [Brasil]
16/01/2019
Cafeicultores brasileiros querem acordo com União Europeia [Brasil]
16/01/2019
Fosun diz que Portugal < acolhe bem > o investimento chinês [Portugal e China]
16/01/2019
Economia brasileira continua recuperação e PIB aumenta para 2,4% [Brasil]
16/01/2019
Chineses investiram 10 mil milhões de euros em Portugal em 2018 [Portugal e China]
16/01/2019
Fundo privado português de 46 milhões vai investir em 'startups' [Portugal]