home > notícias

MUNDO

09/10/2018

108 anos da implantação da República Portuguesa

Exatamente há 108 anos, a monarquia constitucional foi destituída e implantou-se o regime republicano em Portugal.

Iniciada no dia 2 de outubro e acabando vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, a Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português (PRP) e por um grupo de cidadãos apoiantes do republicanismo.

Este movimento revolucionário deu-se na sequência da ação doutrinária e política que, desde que foi criado em 1876, o PRP foi desenvolvendo, com o objetivo de derrubar o regime monárquico.

Depois de muitos anos de monarquia, o povo português estava insatisfeito com os gastos da família real, com o poder e a influência da igreja católica, com políticas e interesses relacionados com as colónias britânicas (o Reino Unido é um dos mais antigos e importantes aliados de Portugal) e ainda com a lenta adaptação de Portugal aos tempos modernos.

Tudo parecia contribuir para um inexorável processo de erosão da monarquia portuguesa, quando surgiu um partido que prometia alterar a situação nacional, criando um clima de prosperidade que apontava no progresso do país. O povo português sentiu que podia ser representado por um grupo de pessoas que se preocupava com as suas vontades e que ia conseguir fazer a diferença, entre os quais os defensores da república, particularmente o Partido Republicano, que souberam tirar o melhor proveito.

No dia 3 de outubro de 1910 um grupo de cerca de 200 pessoas reuniu-se em Lisboa na zona que é hoje conhecida como a Praça do Marquês de Pombal e iniciaram a revolta que acabou dois dias depois.

Apesar de muitos populares acreditarem que esta não passava de mais uma tentativa de golpe falhada, a verdade é que esta manifestação acabou por ser bem-sucedida devido à incapacidade de resposta do governo, que não conseguiu reunir tropas que dominassem os revolucionários que resistiam de armas na mão.

Às 9h da manhã do dia 5 de outubro, foi proclamada a República a partir da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa.

Após a revolução, um governo provisório chefiado por Teófilo Braga dirigiu o destino do país até à aprovação da Constituição de 1911. O Presidente da República eleito, Manuel de Arriaga, tomou posse a 24 de agosto de 1911, dando início à Primeira República. Entre outras mudanças, com a implantação da República, foram substituídos os símbolos nacionais: o hino nacional, a bandeira e a moeda.

O Dia da Implantação da República, 5 de outubro, é feriado nacional. Este tinha sido um dos feriados eliminados pelo governo em 2012, mas em 2016 acabou por se acordar novamente no Parlamento que esta data é um feriado.

"Proclamada por importantes forças do exército, por toda a armada e auxiliada pelo concurso popular, a República tem hoje o seu primeiro dia de História. A marcha dos acontecimentos, até à hora em que escrevemos, permite alimentar toda a esperança de um definido triunfo. [...] Não se faz ideia do entusiasmo que corre na cidade. O povo está verdadeiramente louco de satisfação. Pode dizer-se que toda a população de Lisboa está na rua vitoriando a república".

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
12/12/2018
Jovem Avó Jove: vida e obra das notáveis mulheres da família Carvalho, séculos XIX e XX [Embaixada de Portugal no Brasil]
12/12/2018
Brasília Encontra Portugal [Embaixada de Portugal no Brasil]
11/12/2018
Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa Reproduzir Vídeo Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa
11/12/2018
CNN destaca Portugal como um dos melhores lugares da Europa para visitar
11/12/2018
Portugueses elegem destinos de língua portuguesa para o 'reveillon'
11/12/2018
"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"