home > notícias

MUNDO

10/12/2019

Bianca Madruga inaugura exposição que investiga o tempo a partir do espaço, na Galeria de Arte Ibeu

Se ao meio-dia a luz intensa faz cegar, como se comporta a visão à meia-noite? Pensar o tempo a partir do espaço é uma das propostas da exposição "Ponto de queda", da artista Bianca Madruga, que foi inaugurada no dia 4 de dezembro, às 18h30, fechando o calendário de 2019 da Galeria de Arte Ibeu. Com uma instalação, a artista utiliza o próprio espaço da galeria e elementos como relógios solares, som, luz e escuridão. Além disso, utiliza as medidas do mundo para pensar as do próprio trabalho: peso do corpo, duração das horas, distância das coisas, velocidade da luz. A curadoria é assinada por Cesar Kiraly.

“Ponto de queda” faz parte do conjunto de trabalhos diurnos da artista, que têm se desenvolvido a partir da ideia de horizonte, não apenas em sua ambivalência - no que diz respeito às noções de tempo e espaço -, mas, principalmente, por se tratar do modo como um povo pensa coletivamente o que está por vir. As estruturas apresentadas por Bianca carregam consigo um certo drama, a partir da ideia de queda. São estruturas feitas de pó, que devem se sustentar em uma lógica avessa a de uma construção.

“Um monte de cimento ou areia, pedra, que como um poste, aspiram a verticalidade. É preciso imaginar isso. Vai ruir, mas não dá para saber em quanto tempo. Muito por falta daquilo que aglutina", analisa.

"Parece bonito pensar que para que se vença a gravidade é necessária essa matéria aglutinante - talvez uma ou duas doses de água -, e que apenas a mistura bem cuidada desses elementos poderia trazer a dureza que os faria ascender. A matéria vai cair. Espera- se que caia. Espera-se desta vez, ao invés de olhar para o alto, que se olhe para o chão. São esses os primeiros desejos para essa exposição”, finaliza a artista.

 SOBRE A ARTISTA:

Bianca Madruga é artista visual. Vive e trabalha no Rio de Janeiro. Doutoranda em Artes Visuais na UERJ. Formou-se em filosofia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Artista Visual e Mestre em Estética e Filosofia da Arte pela Universidade Federal Fluminense. É fundadora e cogestora do espaço A MESA, no Morro da Conceição, desde 2015. Sua produção tem sido orientada a partir de duas práticas: práticas do meio-dia e práticas da meia-noite.

 

SERVIÇO:


“PONTO DE QUEDA” – Exposição de Bianca Madruga encerra calendário de 2019 da Galeria de Arte Ibeu

Abertura: 4 de dezembro (quarta-feira), às 18h30

Visitação: 5 de dezembro de 2019 a 10 de janeiro de 2020

Funcionamento: segunda a quinta-feira, das 13h às 19h (às sextas, de 12h às 18h)

Recesso: 23/12/2019 a 1/1/2020

Local: Galeria de Arte Ibeu

Endereço: Rua Maria Angélica, 168 - Jardim Botânico

Tel.: 3239-2863

ENTRADA FRANCA

Fonte: Guia das Artes



NOTÍCIAS RELACIONADAS
21/01/2020
Residência artística 'Artes Híbridas' abre inscrições no Museu de Arte e Cultura Popular
21/01/2020
Raymundo Colares: De Volta À Estrada
21/01/2020
Zeca Baleiro prepara novo álbum com 'Canções d'Além-mar' de portugueses
20/01/2020
Startups portuguesas finalista de prémio da ONU sobre inovação e turismo
17/01/2020
Lisboa recebe exposição de homenagem aos filmes de Tim Burton
17/01/2020
Musical: O Mágico de Oz