home > notícias

MUNDO

22/06/2020

Cinema drive-in estreia no Memorial da América Latina com sessões esgotadas até julho

Espaço com 100 vagas para carros vendeu ingressos a R$ 65. Organização se prepara para abrir mais 2 semanas de programação.

Filmes clássicos e sucessos de bilheteria serão exibidos em um cinema drive-in instalado no Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir desta quarta-feira (17). Veja a programação abaixo.

Mas não é mais possível comprar ingressos. Todas as sessões abertas - até o dia 12 de julho - estão esgotadas. O cinema Petra Belas Artes, responsável pelas exibições, se prepara para anunciar mais duas semanas de programação.

Uma primeira exibição no espaço, restrita a convidados, foi feita nesta terça-feira (16).

Os cinemas drive-in, que funcionam ao ar livre e com o público dentro de carros, viraram aposta do entretenimento em 2020, em meio à pandemia do coronavírus, já que o funcionamento de salas convencionais continua proibido na maior parte do país.

Neste mês, São Paulo receberá pelo menos três espaços do tipo. Além do Memorial, telões foram montados no Centro de Tradições Nordestinas e em uma área ao lado da Ponte Estaiada.

O drive-in que estreia nesta quarta terá espaço para cem carros. Os ingressos para cada veículo, que pode abrigar até quatro pessoas, custaram R$ 65. As sessões vão acontecer de terça a domingo.

Medidas de segurança

O cinema terá um protocolo sanitário para tentar evitar o contágio do coronavírus.

A conferência de ingressos a cada sessão será feita por leitores óticos, sem contato manual entre o público e funcionários. Alimentos e bebidas serão entregues nos carros na chegada ao evento.

Espectadores deverão permanecer dentro dos veículos durante toda a sessão. A abertura das portas dos carros só poderá ser feita para ida ao banheiro. Nesse caso, o espectador deverá fazer uma solicitação acionando o pisca alerta. Só será permitida a presença de uma pessoa por vez no banheiro.

Veja a programação do cinema drive-in no Memorial da América Latina

Quarta-feira, 17/6

  • 19h – "Apocalipse now" – Final Cut

Quinta-feira, 18/6

  • 18h – "Partida"
  • 21h – "Os melhores anos de uma vida"

Sexta-feira, 19/6

  • 19h – "Apocalipse now" – Final Cut
  • 23h – "Uma noite alucinante: A morte do demônio"

Sábado, 20/6

  • 18h – "O menino e o mundo"
  • 20h30 – "Os melhores anos de uma vida"
  • 23h – "Pulp fiction: Tempo de violência"

Domingo, 21/6

  • 18h – "A vida é bela"
  • 21h – "Apocalipse now" – Final Cut

Terça-feira, 23/6

  • 19h – "Matrix"

Quarta-feira, 24/6

  • 19h – "Relatos selvagens"

Quinta-feira, 25/6

  • 18h – "Relatos selvagens"
  • 21h – "Matrix"

Sexta-feira, 26/6

  • 19h – "Matrix"
  • 23h – "Annabelle"

Sábado, 27/6

  • 17h30 – "As bicicletas de Belleville
  • 20h – "Relatos selvagens"
  • 23h – "Kill Bill volume 1"

Domingo, 28/6

  • 18h – "Tel Aviv em chamas"
  • 21h – "Matrix"

Terça-feira, 30/6

  • 19h – "De olhos bem fechados"

Quarta-feira, 1/7

  • 19h – "2001: Uma odisseia no espaço"

Quinta-feira, 2/7

  • 18h – "Nascido para matar"
  • 21h – "Laranja mecânica"

Sexta-feira, 3/7

  • 19h – "Lolita"
  • 23h – "O massacre da serra elétrica"

Sábado, 4/7

  • 17h30 – "Tito e os pássaro's"
  • 20h – "Nascido para matar"
  • 23h – "O iluminado"

Domingo, 5/7

  • 18h – "Laranja mecânica"
  • 21h30 – "O iluminado"

Terça-feira, 7/7

  • 19h – "O fabuloso destino de Amélie Poulain"

Quarta-feira, 8/7

  • 19h – Mad Max: Estrada da fúria

Quinta-feira, 9/7

  • 18h – "O fabuloso destino de Amélie Poulain"
  • 21h – "Mad Max: Estrada da fúria"

Sexta-feira, 10/7

  • 20h – "Mad Max: Estrada da fúria"
  • 23h – "As fitas de Poughkeepsie"

Sábado, 11/7

  • 17h30 – "Turma da Mônica – Laços"
  • 20h – '"O fabuloso destino de Amélie Poulain"
  • 23h – "Kill Bill volume 2"

Domingo, 12/7

  • 18h – "Cinema Paradiso"
  • 21h – "Mad Max: Estrada da fúria"

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
06/07/2020
Lançada a primeira exposição digital de Arte Sacra do Brasil
06/07/2020
Canções, contos, filmes? Os desenhos de Manuel Vieira trazem isso tudo dentro deles
06/07/2020
Bienal de São Paulo adia edição deste ano para 2021 por causa da Covid
06/07/2020
Uma mostra para colocar Setúbal no mapa das artes performativas
06/07/2020
Morreu o escritor António Bivar, nome da nova dramaturgia do Brasil
06/07/2020
100 guitarras a tocarem juntas para os 100 anos de Amália