Mantenedores

A Cisa Trading é a 2ª maior trading de importação indireta do Brasil, e sua atuação tem contribuído para a evolução do comércio exterior. Foi fundada em 1996 pelo empresário Antonio José Louçã Pargana, a partir da fusão da Comvix e da Coimex. Operando junto a todos os prestadores de serviços do comércio exterior, em diversas modalidades de importação, a Cisa diferencia-se pela elevada qualificação, eficiência, pontualidade, excelência logística e atendimento customizado, contando com um time de 300 profissionais especializados. Em 2019, movimentou R$ 9 bilhões, com a importação de 393 mil itens.

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. 

O Grupo Tejofran é uma holding familiar controlada pelos irmãos portugueses Antonio e Simão Dias Felipe. A Tejofran surgiu em 1957 em São Paulo e foi adquirida pelos irmãos Felipe em meados dos anos 1970, quando ainda era uma pequena empresa focada em serviços de limpeza. Hoje, conta com cerca de 13 mil funcionários.

Com mais de 30 anos de mercado, o Banco Luso Brasileiro oferece financiamento de transporte coletivo, empréstimos para empresas de médio porte (Middle Market), soluções de câmbio e opções para investimentos.

Em 2011, com a chegada de dois novos acionistas controladores, o grupo português Amorim Aliança B.V e RC Participações S.A., ambos líderes em seus setores, o Banco Luso Brasileiro se reposicionou no mercado como um “novo” Banco. Sólido, com estratégias bem definidas e focadas para agregar valor aos clientes, acionistas e colaboradores.

A MDS é um grupo multinacional de corretagem de seguro e resseguro, consultoria de riscos e gestão de benefícios. É líder de mercado em Portugal, está entre os maiores no Brasil e presente também em Angola, Moçambique e Espanha. Mundialmente, a companhia opera por meio da Brokerslink – empresa fundada pelo grupo e que gere uma rede de brokers presente em 122 países, totalizando cerca de 21.000 profissionais de seguros. Em resseguro, a organização atua no Brasil, em Portugal e na África com a marca MDS RE. A RCG – Risk Consulting Group é a empresa referência em análise de riscos, controle de perdas, plano de continuidade de negócios e Enterprise Risk Management. Por meio da HighDome, uma Protected Cell Company (PCC), o grupo oferece soluções alternativas de transferência de riscos ao mercado tradicional de seguros. Por fim, enquanto as recentes aquisições da Process e da Tovese reforçam a expertise da empresa no setor de P&C e Garantias, a incorporação de uma participação na 838 Soluções e a compra da Ben’s reiteram o domínio no segmento de Benefícios Corporativos, Gestão Automatizada de Benefícios e Benefícios Flexíveis.

O Banco Caixa Geral – Brasil é uma instituição de atacado voltada especialmente para o segmento Corporate e para o atendimento das empresas portuguesas no Brasil. Também presta serviços de investimentos e transferências internacionais de recursos a indivíduos, em especial àqueles com interesses pessoais ou comerciais na Europa e mais especificamente em Portugal.

O Haitong Brasil foi criado no 1º semestre de 2000 e é controlado, diretamente, pelo Haitong Bank com sede em Portugal (80%) e, indiretamente, pela Haitong Securities, Banco de Investimento com sede em Xangai, China. O Banco Bradesco participa de seu capital com 20%. Sua política de atuação abrange a prestação de serviços de assessoria financeira nas áreas de mercado de capitais, fusões e aquisições, financiamento de projetos, operações estruturadas, tesouraria e gestão de riscos. É também ativo na concessão de crédito para operações vinculadas à sua atividade de banco de investimento.

Com um portfólio de produtos diversificado, o propósito da Nors é guiar as suas expectativas mais ambiciosas através de soluções de transporte e mobilidade, equipamento de construção e agrícola, serviços de Após Venda, assim como qualquer outra oferta que o futuro apresente no nosso caminho. A Nors se divide nas seguintes áreas de negócio: Nors Mobility (Auto Sueco, Auto Sueco Automóveis, Galius e KinLai), Nors Off-Road (Auto Maquinaria, AgroNew, Ascendum e Strongco), Nors Aftermarket (Civiparts, AS Parts, Vitrum e OneDrive) e Nors Ventures (Amplitude Seguros e Sotkon).