Notícias

You are here:

Programa para startups com inscrições abertas para o Ciclo Lisboa 2021

Startups terão a oportunidade de participar de uma nova rodada do programa StartOut Brasil para receberem capacitação e serem conectadas a investidores internacionais. As inscrições para o Ciclo Lisboa 2021 estão abertas até o dia 21 de junho e selecionarão até 40 startups em fase madura.

O StartOut Brasil é um programa de apoio à inserção de startups brasileiras em ambientes promissores de inovação do mundo. É promovido pela Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), do Ministério da Economia, em parceria com outras instituições. Cada ciclo do programa é focado em um país.

“O StartOut Brasil é o programa de internacionalização de startups do Governo Federal. Ele tem como objetivo levar a inovação brasileira para o mercado internacional”, explicou o coordenador-geral de Empreendedorismo Inovador e Novos Negócios, do Ministério da Economia, Rafael Wandrey.

As startups selecionadas terão acesso a mentorias e capacitação para internacionalização e inserção no mercado local. Elas serão conectadas a investidores, prestadores de serviços locais e aos principais ambientes de inovação de Portugal, além de receberem apoio para encontros com potenciais clientes e parceiros.

Pode participar startups brasileiras maduras com foco em expansão e internacionalização, com o produto/serviço finalizado para comercialização e que estejam faturando (preferencialmente acima dos R$ 500 mil) ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

Segundo a pasta, é importante que as empresas tenham toda a equipe dedicada ao negócio e demonstrem capacidade de expansão internacional sem comprometer as operações no país.

“Na seleção, vamos avaliar quatro critérios: a equipe que compõe a startup, se a startups já está preparada para sua internacionalização, o seu grau de inovação e também o mapeamento que as próprias startups devem fazer e submeter no formulário de inscrição”, ressaltou Rafael Wandrey.

Portugal

O Ciclo Lisboa 2021 será dividido em três missões. A Missão Virtual em que até 40 startups serão capacitadas de forma totalmente on-line com atividades como treinamento de pitch, mentoria coletiva e webinars com players do mercado;

A Missão de Imersão, nela, das 40 empresas, as 15 mais bem classificadas passarão para essa etapa que tem atividades on-line e presenciais, como mentorias individuais de negócios. Nesse período, existe a possibilidade de participação em missão presencial a Lisboa e na conferência de tecnologia Web Summit;

A Missão Follow-Up em que as cinco startups que primeiro se habilitarem, apresentando projeto de retorno ao mercado com agenda própria, receberão apoio do programa com serviço de matchmaking para mais agendas de negócios em Portugal.

A lista com as startups selecionadas para participar da primeira missão será divulgada em 12 de julho de 2021.

A participação em todas as atividades do StartOut Brasil é gratuita, com exceção da consultoria com foco em internacionalização. Essa consultoria é oferecida gratuitamente apenas para as micro e pequenas empresas.

Histórico

O primeiro ciclo do programa StartOut Brasil foi em Buenos Aires, em 2017. Em seguida, as startups brasileiras foram a Paris, Berlim, Miami, Boston, Lisboa, Santiago e Toronto. Já participaram negócios em áreas como biotecnologia, telemedicina, engenharia integrada, tecnologias químicas e tecnologia e sustentabilidade.

O programa é uma iniciativa do Ministério da Economia, Ministério das Relações Exteriores, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Fonte: Mundo Lusíada

Share on facebook

Notícias Relacionadas